sábado, 24 de dezembro de 2016

Natal cá em casa

 Acho que é comum todas as crianças delirarem com o Natal e eu não fui excepção. Para além da ideia de brinquedos, músicas natalícias e férias escolares, o facto de ter uma mãe que delira com esta época fez-me ganhar muito carinho a esta altura do ano. Há quem faça coleções de postais, a minha mãe faz de presépios. Há quem ganhe um brilho nos olhos quando entra na sua loja de roupa favorita, a minha mãe ganha esse brilho nas lojas que vendem exclusivamente decorações de Natal. Há quem chame ao seu animal de estimação o nome de um cantor ou atleta que admire, a minha mãe baptizou-o com o nome da rena de nariz vermelho mais famosa do mundo.
 Embora seja ela a tratar da decoração da casa (até porque mais ninguém "toca" nas dezenas de presépios da coleção que deixam o armário neste mês), há uma tarefa que fica sempre para mim e o meu irmão: a montagem e decoração da árvore de natal.
 Depois, tenho montes de primos do lado do pai. Quando éramos pequenos juntavam-se a minha avó e a irmã com os respectivos filhos e netos, mas depois com a chegada de mais rebentos e casamentos, acabou-se por fazer cada uma para seu lado. Desses meus primos mais velhos ganhámos uma tradição que perdura até hoje: em todos os natais a geração mais nova faz uma actuação para os mais velhos. Já passou por interpretações de músicas natalícias, jogos, mas o que permanece normalmente são os teatros e a utilização de uma música conhecida para base de uma letra com inside jokes da família e coisas que aconteceram naquele ano.
  No dia 25 é com o lado materno, e quem é que ganha aqui? A minha avó materna, aka, a deusa da cozinha e produtora das melhores sobremesas do mundo.

Enfim, queria deixar aqui umas luzes do meu natal e desejar que este ano a vossa consoada e dia de Natal sejam muito bem passadas, em óptima companhia e sempre de coração cheio!
Um feliz Natal minha gente!


Com amor,
A Marquesa

2 comentários:

Cláudia S. Reis disse...

Tens um Natal muito animado, não duvido ;) Espero que tenhas uma noite excelente!

Diogo Figueiredo disse...

Such feliz natal com a explicação das origens do teatro de natal!

Your master;
<3