sexta-feira, 17 de março de 2017

A Bela e o Monstro

 A expectativa era grande (até fiz um post sobre isso), a curiosidade estava aguçada, mas o medo de de que não fosse tão bom ou fosse apenas igual ao meu filme preferido da Disney também não me saía do espírito.
 Não queria esperar mais, por isso comprei bilhetes logo para o dia de estreia com o meu namorado.
 E que posso dizer? A-DO-REI!
 Embora tenha cenas que são iguais frame-by-frame ao filme de animação e deixas que nos são mais que familiares, conseguiu trazer algo essencial à história: profundidade das personagens.
 Não vou revelar nada, mas conseguimos ter uma contextualização, relações interpessoais e lógica que dão um ar mais adulto e realista (dentro do realismo de uma história com pratos que dançam) ao filme.
 Por outro lado, gostei de ver uma Disney mais actual e tolerante. Ver mulheres em cenas que no clássico só entravam personagens masculinas, ver mais diversidade tanto na cor de pele como na orientação sexual dos protagonistas.
 Por isso, se adoraram a Bela e o Monstro em miúdos aconselho vivamente (eu chorava sempre e neste ainda chorei mais). Se não achavam muita piada, também aconselho a ver esta versão mais madura.


Curiosos? Se já viram, o que acharam?


Tenham um óptimo fim de semana!

Com amor,
Catarina

3 comentários:

Tulipa Negra disse...

Estive quase a ir ver ontem mas acabámos por trocar os planos. A Bela e o Monstro é um dos meus filmes favoritos e quero muito ver esta nova versão.

Diogo Figueiredo disse...

Achei que choraste umas 5 vezes é que a Emma Watson é perfeita!

Your master;
<3

mariiana capela fotografia disse...

páááááááraaaaa!! tou desejosa de ir ver!!