quinta-feira, 30 de março de 2017

Não há mãe como a minha...

Imaginem a seguinte situação: Estudante finalista cuja única preocupação e trabalho neste momento é escrever a tese de mestrado. Acham que a progenitora dessa pessoa...

a) Passa a vida a perguntar se está a correr bem, se teve dias produtivos, se não prefere ir para um sítio mais calmo escrever?

b) Traz uns miminhos para casa para dar à filha, pois quer ajudá-la na sua demanda e premiá-la com reforço positivo pelo seu trabalho?

c) Pede à filha para ver os primeiros 3 episódios de Legion porque o resto do pessoal da casa já viu e quer que vejam todos juntos, para além de lhe enviar propostas tentadoras de irem às compras juntas?



Pois. Mas eu também não sou melhor porque ando com uma inércia e preguiça daquelas...

Desejo-vos o resto de uma óptima semana!

Com amor,
Catarina


1 comentário:

Diogo Figueiredo disse...

Estás on fire nos post honey! You go :)

Your master;
<3